O revestimento ressalta a decoração e "veste" o ambiente! Mas na hora de escolher esse material é importante pensar na manutenção, funcionalidade e segurança do cliente e do espaço!

A escolha errada do revestimento pode causar acidentes, por isso, cada vez mais é necessário conhecer, pesquisar, acompanhar tendências, lançamentos e inovações do mercado, esta é a melhor dica para saber como especificar o produto certo para o ambiente!


Falando especificamente sobre o piso, normalmente se usa piso frio na parte social e áreas úmidas. Já na parte íntima se usa o piso quente.

Mas estou me referindo aqui a uma decisão que costuma acontecer em 80% dos casos. Também pode acontecer de alguém querer usar amadeirado em tudo ou até mesmo inverter esse padrão!
Em apartamentos pequenos, quanto menos diferença de piso existir entre os ambientes, mais integrado e amplo o espaço vai parecer!
Os pisos vinílicos comprem bem essa função, porque eles podem ser usados em cozinhas por terem a base composta por fibras de PVC (eles suportam umidade, desde que não fiquem submersos em água). Nem pense em despejar um balde de água durante a sua limpeza! 

Cuidado também com o uso de porcelanato com 
acabamento polido em cozinhas e banheiros!
O acabamento com a superfície lisa e brilhante é mais propenso a escorregamentos, devido a sua camada da superfície lisa/polida.
Este tipo de piso não é recomendado para pessoas idosas e crianças, especialmente em ambientes que têm contato com umidade/água.
Mais uma dica para apartamentos pequenos: não use soleiras!
Antigamente as soleiras eram muito utilizadas (eu, particularmente, não gosto)!


Quando preciso fazer a transição entre um ambiente e outro e o recorte do piso não encaixa, sugiro fazer a soleira com o mesmo material. Pode ter certeza de que a sensação de amplitude será imensa!

Se você for usar soleira, escolha uma que seja semelhante a cor do piso escolhido!
Gostou das dicas de hoje?
Beijos e até depois!