Usamos cookies para personalizar sua experiência no site. Ao prosseguir, você declara estar ciente dos termos descritos na nossa Política de Privacidade.

Qual a cor certa para cada ambiente?

Qual a cor certa para cada ambiente?

| Renata Pocztaruk

Uma escolha correta de cores tem o poder de aumentar a sensação de bem-estar, faz com que os ambientes pareçam mais quentes ou mais frios, tornam os espaços maiores ou menores, mais aconchegantes ou desconfortáveis...

Isso porque elas mexem com os nossos sentidos através da percepção visual, que é a capacidade para interpretar a informação que os nossos olhos recebem.

Mas qual a cor certa para cada ambiente? Antes de escolher uma paleta de cores, é importante tentar entender que tipo de sensação o seu cliente deseja que o espaço transmita.

Isso porque as cores nunca estão sozinhas, estão sempre cercadas de outras cores e, cada efeito, cada composição é o resultado de uma escolha (basta observar como elas se combinam, se misturam e se contrastam em um círculo cromático).

Quer um exemplo? Restaurantes fast-food costumam usar as cores vermelha e amarela, isso porque o vermelho estimula o consumo e o amarelo estimula o apetite. Já consultórios médicos dão preferência para o branco, o azul e o verde, por transmitir tranquilidade. As diferentes tonalidades podem despertar emoções, sensações e definir o nosso estado de espírito!

Entendeu a importância de estudar os significados/efeitos que cada uma delas causa? Então vamos falar um pouco sobre as cores, as sensações e os principais uso delas:

Azul

Transmite a sensação de relaxamento e tranquilidade. Alguns tons de azul podem ampliar o ambiente. O azul claro é uma das escolhas clássicas para quartos de menino.

Verde

O verde tem o poder de tornar um ambiente calmo e acolhedor. Pode ser usado tanto em salas de estudo, dormitórios, salas de estar e salas comerciais.

Amarelo

Já reparou que os restaurantes fast-food e as áreas de alimentação de shopping adoram usar o amarelo? Ele também está presente nos detalhes de escritórios e áreas de estudos! Além de transmitir uma sensação de calor e ser uma cor iluminada, ele desperta o intelecto e estimula a nossa criatividade!

Violeta

Associada à espiritualidade e ao misticismo, o violeta é muito usado em ambientes de relaxamento e meditação.

Marrom

Usado em ambientes que pedem concentração, como bibliotecas e escritórios, o marrom, de acordo com a tonalidade escolhida, traz acolhimento ao espaço.

Laranja

Assim como o amarelo, o laranja é super indicado para detalhes em escritórios e áreas de estudos. Por ser uma cor quente e estimulante ele proporciona vitalidade ao ambiente.

Vermelho

É uma cor viva, que nos transmite a sensação de urgência, por isso mesmo deve sempre ser usada com cuidado. O vermelho mais intenso é indicado para cozinhas e salões, já os mais fechados têm o poder de deixar os espaços com ar mais acolhedor.

Rosado

Outro clássico dos quartinhos de bebê, alguns tons de rosado podem tornar os ambientes sofisticados, trazendo a sensação de romantismo e aconchego.

 

 

Preto

O preto dá personalidade ao ambiente, impõe respeito e ajuda a realçar as outras cores, além de trazer contraste.

Cinza

O cinza é uma cor neutra e que não interfere nas sensações.

Branco

Elegante e atemporal, o uso do branco está muito ligado à sensação de limpeza e paz. É a escolha certeira para ampliar ambientes pequenos e com pouca entrada de luz.

 

Como escolher uma paleta de cores para o ambiente?

Converse com o seu cliente e tente entender que sentimentos ele deseja que o ambiente transmita.

Pergunte se ele tem uma cor favorita e indique como ele pode utilizar essa cor no espaço. Se nos detalhes, que podem ser facilmente substituídos ou nos pisos e peças maiores como um sofá, por exemplo, quando as tonalidades escolhidas são mais clássicas e atemporais.

Escolheu a cor? Então veja como ela fica no ambiente, com a luz refletida sobre ela!

A cor maravilhosa que você escolheu para a sala não vai ser a mesma durante todo o dia. Isso porque a luz natural e a luz artificial farão com que ela pareça completamente diferente de manhã e à tarde.

Antes de definir a tonalidade eu sugiro um teste na parede para conseguir ver melhor o efeito da luz direta e da luz indireta (faça um quadrado de 50x50cm no mínimo, em duas paredes diferentes).

Que tal aprender mais sobre cores comigo e com a Fernanda Dall'orto, gerente de color design das Tintas Coral, na próxima edição da SUPER AULA?

Esse encontro, que é gratuito e 100% online, é absolutamente imperdível e está marcado para a próxima segunda-feira, 26 de abril!

O tema será "Acabamento e Cores para Ambientes", e lá nós vamos te falar tudo o que você precisa saber sobre os diferentes tipos de tinta, como a cor afeta a percepção espacial, como combinar cores e muito mais!!

Quero te ver lá, hein? Clica aqui para garantir a sua vaga!

Beijos e até depois,

Deixe um comentário