A escolha da vegetação é um dos pontos que mais gera dúvida na hora de especificar um vaso! A primeira coisa que a gente tem que analisar é escolher um vaso proporcional ao tamanho da vegetação e ver se ela está de acordo com o ambiente onde será colocada.

É um ambiente de sol? De sombra? De meia sombra? E por que essa pergunta? Que diferença isso vai fazer?

Porque é o conhecimento que vai fazer a diferença na escolha da vegetação correta! Se você for escolher uma vegetação para sol, pense que o ambiente precisa receber seis horas, no mínimo, de sol (aí sim essa escolha vai funcionar para o lugar).

Se for uma planta de meia sombra ela vai precisar de umas duas horas de sol. Para uma planta de sombra são menos de duas horas de sol! Se você escolher uma planta de sombra e ela receber mais que duas horas de sol no dia, vai acabar queimando!

Além disso, essas duas horas de sol não podem ser com aquele sol de meio-dia (desse jeito você vai fritar as plantas)! Pense sempre naquele solzinho leve do início da manhã ou do final da tarde. Esses detalhes são muito importantes se você quiser que o seu projeto funcione!

Eu mesma passei por uma experiência assim! Quando montei a varanda do meu escritório a gente não entendia bem em qual horário o sol batia e, dependendo da época do ano, a quantidade de sol diminui. Aí a gente colocou planta de sol, só que quando o inverno chegou o lugar já não recebia tanto sol e as nossas plantas acabaram morrendo. Por isso que eu reforço que isso é uma coisa que a gente tem que prestar muita atenção!

E, assim como aconteceu com a gente, muitas pessoas desistem de ter uma planta porque acham que “não funciona”. E não é uma questão de “não funcionar”, mas sim de ter a informação correta! Em primeiro lugar, precisamos saber onde o vaso será posicionado - se em ambiente interno ou externo, depois avaliar se no local escolhido a planta vai receber a quantidade de sol correta, se vai ter a umidade necessária, se vai pegar chuva ou não (para saber o quanto deverá regar), saber se é uma planta que precisa de muita ou de pouca rega...

Sobre a manutenção da planta

Depois de colocar a planta dentro de um vaso você não pode esquecer que ela vai crescer e se desenvolver naquele lugar, por isso é extremamente importante fazer a manutenção do vaso.

Algumas plantas vão precisar de manutenção uma vez ao ano, outras a cada dois anos (isso quando falamos da poda das raízes, renovação do substrato e drenagem), por isso temos que pensar em escolher vasos resistentes, para que durante esse processo eles não acabem rachando ou até mesmo quebrando.

Sobre a proporção planta x tamanho dos vasos

O tamanho escolhido influencia na parte de raízes e desenvolvimento. Não tem como pegar uma planta enorme e colocar em um vaso pequenininho. Para você ter uma ideia, para entender mais ou menos o que vai acontecer com a planta, é como se você calçasse um sapato apertado, que vai te deixar com os dedos doendo!

Existem plantas que são mais resistentes ao ar-condicionado?

Claro que sim! Algumas plantas são mais resistentes a ele. Isso porque o ar-condicionado resseca a folha, retirando a umidade da planta. Então anote aí três plantas que vão funcionar bem em ambientes que têm esse aparelho:

- Zamioculcas, que é uma planta de origem africana;

- Alguns tipos de bromélia (prefira aquelas com a folha mais durinha);

- Sansevieria, que são as lanças, as espadas, que são bem comuns e super-resistentes.

Quer aprender mais algumas "estratégias" que eu uso para projetar um ambiente?

No meu Guia de Decoração você vai encontrar informações sobre proporção, equilíbrio, percepção & harmonia, percepção visual, aplicação de cores, processo criativo, programa de necessidades, materialidade, layout, iluminação, como organizar e como transformar!

Aproveita as promoções da minha Best Friday para garantir o seu e sair aplicando tudo o que aprendeu!

Beijos e até depois,

Rê.