Vai projetar uma cozinha? Antes de chegar na fórmula "ideal" e partir para a execução da obra é preciso compreender todas as necessidades do seu cliente! Do que ele gosta? Qual o orçamento dele? Ele vai ter máquina de lavar louças, quer uma cuba maior ou quer uma cuba menor, qual o tamanho da geladeira?

Depois que você tiver todas essas informações o importante é conseguir criar uma disposição funcional, entre esses três elementos: geladeira ↔️ fogão ↔️ cuba/pia. E qual a melhor disposição de acordo com o layout? Vamos ver um pouco sobre as características de cada layout de cozinha:

Cozinha paralela

É aquela na qual existem duas bancadas alinhadas, uma de frente para a outra e podem ser utilizadas em muitas situações. O ideal é deixar a pia e o fogão na mesma bancada e a geladeira e a área de armazenamento na bancada oposta. A circulação ideal é de 120 cm, mas nem sempre existe esse espaço disponível. Sendo assim, muitos casos ficam com 90 - 100 cm de circulação.

 

 

Cozinha em “U”

A cozinha em “U” é aquela que utiliza três paredes para apoiar as bancadas, formando assim um “U”. Neste layout a circulação fica fácil e bem-distribuída. Todos os setores da cozinha ficam próximos, com boas áreas de apoio entre eles. É uma configuração versátil e que reduz muitos deslocamentos.

 

 

Cozinha em “L”

Seguindo o mesmo conceito da cozinha em “U”, a cozinha em “L” acaba deixando um bom espaço para circulação. Para este layout é importante ter um espaço mais amplo. Essa configuração é muito utilizada em ambientes onde é necessário ter uma mesa. Dessa forma ela funciona como copa-cozinha. Na distribuição são utilizadas duas paredes ortogonais. O ideal é sempre deixar o fogão perto da pia. Posicione os eletrodomésticos como preferir, procure aproveitar os cantos e utilize armários, e não gavetas, em pelo menos um dos cantos.

 

 

Viu só quanta coisa? Amanhã vamos falar sobre cozinha em ilha e cozinha linear.

Quer entender melhor sobre esse assunto? Compre o Guia de Cozinha e nunca mais erre ao projetar a cozinha dos sonhos!

Beijos e até depois,
Rê.