PROJETO DE ILUMINAÇÃO PARA COZINHAS, POR ONDE COMEÇAR?

Arquitetura, design, decoração não tem regra, é gosto, gosto não se discute. Iluminação não!  Iluminação é estudo, informação. E como escolher a lâmpada certa para cada ambiente? Cada espaço da casa tem um uso e cada lâmpada tem uma função. Cozinhas, por exemplo, qual a iluminação adequada?
 
A cozinha é um ambiente de trabalho. A gente higieniza, manuseia, classifica e prepara os alimentos, por isso a visibilidade geral é muito importante. Mas, como ótimos profissionais que somos, não queremos ficar só no projeto básico, queremos também os complementos, criar cenas diferentes. Na prática como seria? Luz geral, para visibilidade geral = luminárias posicionadas no centro do ambiente. E qual tipo? Hoje em dia, existem opções infinitas, no mercado. As que eu mais indico, para esta função, estão os painéis de led, podem ser no formato quadrado ou redondo. Os painéis de led tem a mesma espessura da placa de gesso, então nem os montantes atrapalham a aplicação! Sensacional, né?! Só é necessário lembrar de planejar onde irá ficar o reator, ok? E a iluminação complementar?! Podemos usar lâmpadas de destaque, como as dicroicas, nos móveis aéreos as fitas de led e nas bancadas de apoio e mesas de jantar as luminárias pendentes, com iluminação decorativa. 
E mais uma dica: use ao máximo opção dimerizável das lâmpadas. Assim, controlamos a intensidade da luz. É mais uma forma de criar cenas diferentes, desde a cozinha super bem iluminada, até um jantar romântico.  ;)
Aaah, não esquece de criar circuitos elétricos diferentes (pelo menos um), para cada tipo de iluminação. Se não, todo o trabalho, de criar cenas diferentes, será vão!
Quer aprender mais sobre os tipos de iluminação? Eu elaborei um Guia de Iluminação , com muito carinho e cheio de dicas como estas! Aproveita este tempo de pandemia de Covid-19, para você aumentar o seu conhecimento técnico e dar a volta por cima desta crise. 
Beijos e até mais,
 

Deixe um comentário