Usamos cookies para personalizar sua experiência no site. Ao prosseguir, você declara estar ciente dos termos descritos na nossa Política de Privacidade.

Lâmina natural, laca e laminado melamínico. Qual usar?

Lâmina natural, laca e laminado melamínico. Qual usar?

| Renata Pocztaruk

Quando a gente está escolhendo os acabamentos, detalhando a marcenaria a gente tem que conhecer os materiais e hoje eu vou falar sobre os acabamentos mais comuns.

O primeiro que eu vou falar para vocês é a lâmina natural, uma folha bem fininha de madeira que sai da tora da árvore.

É como se a gente pegasse um apontador de lápis e fosse descascando, sabe? Aí ela recebe um tratamento e é colada no MDF ou no compensado (por causa do aspecto homogêneo dessas chapas).

Elas têm uma aparência natural e um desenho único em cada uma das peças, por isso mesmo elas podem ter uma variação de cor. Esse material é bonito, caro, mas é menos resistente à umidade, então não é recomendado para cozinhas e banheiros. Mas você pode usar em um quarto, em detalhes de rack...

Depois a gente tem a laca, uma pintura artesanal feita em várias camadas, onde se pinta e lixa a madeira muitas vezes. Ela demora para ficar pronta, é mais cara (porque você cria uma película de pintura), mas facilmente risca e descasca, então exige mais cuidado. Na laca existem três tipos de acabamento:

  • Fosco: que é opaco;
  • Acetinado: que tem um fundo de brilho;
  • Brilhante: esse é o que eu chamo de “high gloss”.

Quando a gente for especificar a laca, tem que colocar qual o tipo de acabamento de superfície que a gente quer (eu não recomendo a laca para tampos).

Tem ainda o laminado melamínico (ou laminado de alta pressão), um material fabricado em diversas camadas (papel kraft + cobertura de papel decorativo) e prensado no MDF ou no MDP para dar um acabamento sintético.

E qual a vantagem desse acabamento?

Resistência a manchas, umidade, altas temperaturas e riscos. Ele é ideal para cozinhas, banheiros, quartos de criança e tampos. Além disso ele é mais fácil e rápido de produzir. O prazo de entrega é menor, é mais fácil de limpar e também mais barato. Ao mesmo tempo ele tem um visual mais artificial e um toque mais frio.

Quer aprender mais sobre acabamentos e aonde usar cada um deles? No meu Guia de Decoração eu falo tudo sobre conceitos como proporção, equilíbrio, percepção & harmonia, percepção visual, aplicação de cores, processo criativo, programa de necessidades, materialidade, layout, iluminação, como organizar, como transformar!

Beijos e até depois,

Deixe um comentário