Sabia que uma a iluminação e ventilação, bem aproveitadas, melhoram a nossa produtividade?!

Por isso, falando em Home Office, cuidado ao posicionar a mesa no seu cantinho de trabalho!

Na parede eu acho sempre melhor. Cuidado também com a altura e profundidades das mesas:

  

O uso do Home Office atingiu o auge durante os primeiros meses de pandemia e, por consequência disso, as reformas e transformações nestes ambientes aumentou muito.

Por isso eu trouxe hoje, além da dica de iluminação, algumas dicas de como eu gosto de detalhar mobiliários de Home Office.
DETALHE 01:  A fita de LED embutida no móvel aéreo é um reforço, em termos de iluminação geral, na bancada de trabalho.

Ela elimina aquele efeito de sombra que o próprio móvel aéreo causa na bancada. Não use a temperatura de cor quente para esta fita, use a NEUTRA (4.000 K), a quente causa efeito de relaxamento e não é isto que queremos na hora do trabalho e dos estudos!

DETALHE 02: Um porta lápis encaixado no painel ajuda na otimização de espaço, da bancada de trabalho. Muito útil para apartamentos compactos, em que cada centímetro conta.

Como contei no início, o espaço ideal para uma bancada de trabalho é entre 50 e 70 cm de profundidade, dependendo do tipo de equipamento que for usado na bancada, com essas medidas é possível apoiar os cotovelos, para não forçar ombros e a coluna, mas eu sei que nem sempre é possível  projetar uma bancada assim.

E, assim com os organizadores fixados no painel, você consegue um espaço livre (nada estojos, porta-lápis e etc), na bancada, dá um aspecto super organizado, visualmente falando.

NICHOS: Nichos organizadores com rodízios, podem ser úteis de diversas formas: de brinquedos a revistas e livros, dependendo da rotina do morador da casa. 
O legal de projetar, tanto ele quanto o gaveteiro com rodízios, é poder alterar a posição quando o necessário.
Conta pra mim... você está gostando dessas dicas?!
Até mais, Rê!!