Você sabia que tem um estudo que mostra que as pessoas são mais felizes quando têm as suas casas organizadas e bonitas?

É para isso que trabalhamos todos os dias na ArqExpress! Para melhorar a qualidade de vida das pessoas e levar a felicidade para dentro das suas casas.

Quando falamos sobre decoração, falamos sobre a harmonia do conjunto e o nosso verdadeiro poder é o nosso conhecimento!

Quando falamos de projeto estamos falando de segurança!

Uma coisa que eu digo sempre é: para a gente ter um cliente e conseguir vender para ele, precisamos ter repertório (é o repertório que vai nos trazer a segurança, clientes satisfeitos e o sucesso do nosso projeto).

Quanto melhor a gente souber solucionar o problema de quem nos contrata, mais sucesso a gente vai ter no que está fazendo!

Mas por onde começar?

Você sabe qual é a importância da orientação solar na decoração?

Quando a gente quer criar um ambiente temos que iniciar observando a orientação solar, isso porque quando estamos decorando, dependendo da incidência do sol, temos que escolher diferentes materiais. Quer um exemplo?

Um ambiente norte é diferente de um ambiente oeste. Isso porque no ambiente oeste o sol vai ser bem forte, direto, sol da tarde. Por conta disso é preciso cuidar da cortina que vamos escolher, do tecido, do piso.



Pense que um piso de madeira todo o tempo exposto ao sol acaba desbotando! Por isso é 100% importante pensar na orientação solar! Conforme a situação a entrada de luz é diferente. E isso influencia na cor da parede durante o dia, no esforço de iluminação que a gente vai fazer dentro do espaço... É todo um conjunto!

Outro ponto importante é a quantidade de luz natural que o ambiente recebe. Existe uma regra mínima, que pode variar em cada estado (cada um tem a sua própria regra), mas basicamente a gente tem que pegar a área deste ambiente e dividir por uma fração para achar a quantidade mínima de luz e de ventilação.

Depois de entendida a orientação solar a gente precisa visitar o ambiente, saber qual a sua dimensão, o sistema construtivo, a posição das janelas, onde tem esquadrias...

Também temos que ver onde estão os pilares, os pontos elétricos, os pontos de água...

Por isso é importante fazer a medição e o levantamento muito bem-feitos (pense que a qualidade do levantamento e das medições pode ajudar a acelerar o projeto e evitar retrabalho).

Outro ponto muito importante é saber qual será o uso do espaço! O ambiente vai ter uso comercial ou residencial? E por que eu estou perguntando isso?

Ambientes diferentes têm necessidades diferentes: a iluminação, o tipo de cor, o tipo de móvel. Tudo é diferente!

Se ele é residencial, é interno ou externo? Se for interno ele é seco ou ele é úmido?

Só depois que a gente conheceu o lugar, fez o levantamento, analisou tudo e entendeu as condições solares é que de fato vamos entender qual a necessidade do cliente:

- O que ele quer?
- Qual o sonho dele?
- Para que ele vai usar o ambiente?
- Qual o estilo que ele gosta?
- Qual o prazo que ele precisa?
- Quanto ele tem de orçamento?
- Qual a função do daquele espaço na casa?


Além disso, precisamos saber tudo o que ele não quer, tudo o que ele não gosta!

Um bom projeto de iluminação pode mudar o ambiente em sua concepção estética, deixando o espaço funcional, confortável e agradável, criando diferentes cenas e proporcionando diferentes sensações! Eu sempre digo que "luz muda tudo"!

Quer saber mais sobre iluminação?

Na minha próxima Super Aula, que vai acontecer no dia 14/06, o tema será "Elétrica Inteligente” e vai contar com a participação de um convidado da Legrand – marca especialista em sistemas elétricos digitais – falando sobre o grande lançamento do ano: o Living Now!

Se inscreve e garanta a tua vaga!

Beijos e até depois,

Rê.