Por onde você COMEÇA um PROJETO? Hoje eu vou trazer um assunto MUITO IMPORTANTE para quem vai começar a atender um cliente novo!

À concepção de QUALQUER PROJETO devemos atrelar PLANEJAMENTO x ORÇAMENTO x ACOMPANHAMENTO.

Um projeto é um planejamento, certo?!

Eu vou te mostrar as 04 ETAPAS que eu sempre uso, para começar BEM os meus projetos!

1a. ETAPA - CONHEÇA BEM O AMBIENTE: em um bom levantamento buscamos o máximo de informações possíveis – meça todas as dimensões do ambiente, faça o levantamento fotográfico, analise a posição do local em relação ao sol, analise as condições estruturais existentes...

Qual o sistema construtivo adotado? Qual a posição dos pontos elétricos e hidráulicos? Existem móveis que serão reaproveitados? Quais são?

Para esta etapa ficar ainda mais fácil, ELABORE UM CHECK-LIST com todas estas tarefas para não se esquecer de nenhuma delas no momento da visita ao local.

Quanto mais informações você coletar no início, mais simples fica o processo depois!

2a. ETAPA - CONHEÇA BEM O SEU CLIENTE: Qual será o uso do espaço? Qual a rotina de quem vai usar aquele ambiente? Quantas pessoas vão ocupar esse lugar? Este tipo de questionamento vai impactar diretamente no projeto!

Para entender tudo isso fazemos um BRIEFING DE PROJETO com o cliente. No briefing entenderemos quais as prioridades, as necessidades dos clientes e também o BUDGET ($$) que ele tem disponível para investir!

Quanto melhor for a COMUNICAÇÃO entre profissional e cliente nesta etapa de início, mais fácil será ‘acertar o projeto de primeira’!

3a. ETAPA - CRIE UM CONCEITO PARA O PROJETO: escolha referências, cores, texturas e pesquise materiais. Esta é a hora em que você vai unir o estilo do cliente com as suas ideias.

A forma que eu acho MAIS FÁCIL de traduzir visualmente estas ideias é montando um MOODBOARD. Não perca tempo desenvolvendo todo um grande projeto antes de ter um CONCEITO para o trabalho!

Exemplo de apresentação de conceito de projeto em MoodBoard

E digo mais! Você pode aprovar esta etapa com o cliente antes de desenvolver a próxima, para entender se as expectativas dele estão sendo atendidas.

4a. ETAPA – DESENVOLVIMENTO DE LAYOUT: depois de levantar o máximo de informações possíveis, agora é hora de começar o projeto!

Organizar/setorizar a melhor posição para cada coisa. Um bom layout aproveita o espaço da melhor forma. Ele deve ser funcional, harmônico e prático.

Exemplo de apresentação de layout do ambiente


A sua apresentação pode ser simples e prática, mas ela tem que COMUNICAR BEM A SUA IDEIA! Identifique os elementos do projeto e explique o porquê de cada definição.

Pra mim é nossa OBRIGAÇÃO que aquelas necessidades que o cliente apontou no BRIEFING sejam abordadas durante a apresentação de layout do projeto, mostrando ONDE OS MATERIAIS E CORES aprovados no moodboard serão aplicados.

Assim fica até difícil errar, não acha?

Gostou das dicas de hoje?

Quer acompanhar muitos outros conteúdos sobre marcenaria, detalhamento de projeto, iluminação e muito mais? Então bora ler mais dicas aqui do nosso blog do Club ArqExpress.

Até depois 💕