Me formei, e agora? Por onde eu começo?

Antes de sair pensando em criar seu próprio escritório, você precisa mapear alguns pontos importantes: 

 

1. Analise suas habilidades - o que você tem facilidade para fazer, o que você precisa praticar mais, se você tem confiança para abraçar um projeto inteiro sozinha.

 

2. Para encontrar o seu mercado, primeiro você tem que saber o que vai oferecer: reformar completas? projeto civil? projetos de interiores? projetos de 3 meses? ou de mais de 1 ano? Antes de sair procurando cliente, descubra o que você quer oferecer. Assim, você consegue direcionar sua procura.

 

3. PLANEJE, PLANEJE, PLANEJE! Essencial para quem quer abrir um escritório e se manter. Crie metas, analise custos, defina seu preço - e saiba argumentar por ele - e, se possível, tenha uma reversa financeira! Se você ainda não tem o valor suficiente para investir no seu escritório, pense em procurar trabalho em outro escritório antes. Além de experiência, você ainda consegue guardar a quantia que precisa para dar início ao seu sonho!

 

4. Ter uma presença no mundo digital é crucial nos dias de hoje. Pense que seu Instagram é o cartão de visita da sua marca, por isso estar engajado nas redes sociais é tão importante. Manter um perfil atualizado, postar frequentemente, ter contato com o seu seguidor são algumas estratégias para criar a posição da sua marca e deixar ela visível. Isso é importante mesmo que trabalhe em um escritório de arquitetura que não é seu. Enalteça seus projetos e mostre-os! Quem sabe é de um post que surge seu primeiro cliente? 

 

É bastante coisa para absorver, mas vá com calma!  Se quer saber mais sobre esses quatro pontos principais, confere o nosso Workshop Online de Como Começar, nele a Renata vai se aprofundar nesses pontos e te ajudar a ver a arquitetura com um negócio. 

 

Ficou com dúvidas? Ou tem um comentário a fazer? Ou quer nos contar como foi a sua experiência logo após a formatura? Deixe aqui nos comentários!

 

Beijos e até a próxima 😘

Deixe um comentário