Renata Pocztaruk

[Dica do Dia] Espaço para maquiagem no banheiro: pode ou não pode?

Já aconteceu com você, entrar em um banheiro para dar um up na make e errar totalmente 'a mão' porque a iluminação do ambiente não estava adequada?

Já aconteceu comigo, acontece muito em banheiros de restaurantes e boates que costumam ter uma iluminação mais intimista. 

Imagina acontecer isso com um cliente teu, em um banheiro que você projetou!!! Não pode, né?!

Maquiagem é uma arte e, para que ela se mantenha fiel, é necessária a iluminação correta.

E banheiros não são os locais mais adequados pra isso, por causa da umidade e vapor. Além disso, normalmente se tem uma difícil incidência de luz natural, por causa do posicionamento das janelas.



A iluminação natural é, com certeza, a melhor luz para maquiagem. Mas a gente sabe também que, muitas vezes, na casa dos nossos clientes não resta outro lugar para a maquiagem, além do banheiro.

Então, qual iluminação usar, mais especificamente, na área da bancada?

Para que as cores sejam reproduzidas fielmente é preciso observar sempre o IRC (índice de reprodução de cor) das lâmpadas. O IRC é uma forma de saber o quão "natural" a cor de um objeto é representada com a luz.

Na escala de 0 a 100, o IRC de valor máximo , ou 100% de fidelidade, é aquele que chega mais perto da luz do sol ao meio-dia. Ela é usada como método comparativo, porque é o tipo de iluminação mais natural que existe.

Pois isso, a lâmpada ideal para maquiagem é aquela que tem o IRC mais próximo de 100 e, no mercado atualmente, encontramos essa característica na lâmpada com temperatura de cor de 4.000K.

Nos famosos camarins, muitos profissionais alternam entre lâmpadas de 2700K e 6500K.

Agora é com você!! Com esse conhecimento você pode criar soluções que vão encantar o seu cliente, seja com um projeto de banheiro, de uma penteadeira, um closet, enfim... O importante é que o projeto seja funcional, tenha uma estética bacana e caiba no bolso do seu cliente também!

Até mais, Rê!!

Deixe um comentário