O jeito como a gente vai fazer a iluminação no ambiente depende muito do projeto e do cliente, mas é preciso que a gente entenda de que forma vai transmitir a sensação que o cliente quer para dentro do espaço.

Vamos usar como exemplo o quarto, que é um ambiente bem versátil. Ele pode ser utilizado exclusivamente para descanso, mas também para o estudo, leitura, ver TV...

E como você faz um projeto de iluminação para quarto?

Quando a finalidade é somente o relaxamento, o ideal é uma iluminação com temperatura de cor quente, para deixá-lo bem acolhedor. Mas se pensar em um ambiente para vestir, ver TV, namorar, já podemos pensar em uma temperatura de cor neutra!

Para este último caso, uma das soluções é mesclar a luz direta com a indireta (fazendo a previsão elétrica e acendimentos de acordo com o projeto). Confira algumas escolhas de iluminação que gostamos e usamos nos projetos da Arqexpress:


Agora, se você me perguntar: Renata, o que você não gosta em iluminação para quartos?

Uma coisa que eu não gosto, que às vezes os clientes pedem, é a luz acima da cabeça! Prefiro luz nas mesas de cabeceira, que não fiquem na região da cama. Mini dicroicas e luz branca no quarto eu também não gosto, ela acorda e o quarto é um ambiente onde a gente tem que relaxar! Mas isso é gosto e projeto!

Se tem uma coisa que eu mudei na minha vida e que eu gostaria que vocês mudassem também é a forma como vocês enxergam a iluminação dos projetos! Eu estudei durante mais de dois anos, porque entendi que em todos os projetos que eu mais gostava a grande diferença estava na iluminação!

Quer saber mais sobre iluminação de quartos, sugestões de iluminação para um quarto de bebê ou como dar um destaque na iluminação dos armários? No meu Guia de Iluminação eu te conto tudo isso e muito mais!

Beijos e até depois,
Rê.