Renata Pocztaruk

[Dica do Dia] Por onde começar o desenvolvimento de uma consultoria online?

Hoje eu quero te contar como EU COMEÇO o desenvolvimento de uma CONSULTORIA ONLINE!

Pode ser que você nunca tenha parado para pensar sobre este assunto, porque é um tipo de serviço relativamente novo na nossa área.

Mas com essa situação de distanciamento social causado pela Covid-19, temos que analisar o momento e entender quais SERVIÇOS são OPÇÕES VIÁVEIS para o nosso mercado AGORA.

As pessoas estão isoladas em suas casas durante a quarentena. Com isso elas estão prestando mais atenção em tudo O QUE NÃO ESTÁ FUNCIONANDO e nas coisas com que NÃO SE IDENTIFICAM mais dentro dos seus LARES.

E é aí que a gente pode ajudar! Quer saber como?

Com sugestões de dúvidas pontuais, sugestões de composição de decoração, o que é possível manter e o que vale a pena trocar, qual produto comprar, onde encontrá-los.

Podemos nos APROXIMAR de muitas pessoas, solucionando os seus problemas, mesmo que a distância. É só a gente achar as ferramentas certas para isso!

Os serviços online são uma ótima opção para a gente continuar exercendo a nossa profissão, mas (digamos assim) de uma forma REINVENTADA.

E, por isso, eu vou te contar como eu fiz para começar a montar o processo de desenvolvimento da consultoria online (que funciona muito bem na ARQEXPRESS).

Por onde começar?

Monte uma BIBLIOTECA VIRTUAL de produtos e materiais, incluindo aqueles itens que você mais especifica para os seus clientes.

Em outras palavras, faça uma curadoria de móveis, revestimentos, luminárias, tapetes, objetos de decoração, enfim, tudo aquilo que envolve a COMPOSIÇÃO de um AMBIENTE.

Neste momento entra a sua experiência, conhecimento técnico, aquele famoso olhar de profissional, porque essa biblioteca deve ser um bom resumo das MELHORES OPÇÕES do mercado.

Apesar dessa biblioteca se tratar de uma curadoria tua, ela não deve ser composta somente por aqueles produtos que você mais se identifica esteticamente!

É preciso ter opções com um BOM CUSTO BENEFÍCIO, opções que o cliente possa COMPRAR de forma ONLINE e também opções de ESTILOS DIFERENTES dos teus.

Esse é um exercício de faz a gente SAIR da ZONA DE CONFORTO do atendimento presencial.

Afinal de contas, quando a gente presta um serviço de forma ONLINE, na maioria dos casos, os clientes que você vai atender são de CIDADES/REGIÕES diferentes da tua e, também por isso, o perfil destes clientes pode variar mais e, consequentemente, o ESTILO de decor que eles se identificam varia também.

Então é bom estar PREPARADA para atender uma variedade maior de PERFIL de CLIENTE.

Uma coisa que eu sempre digo lá na ArqExpress quando prestamos um serviço é que o mais importante é que o CLIENTE esteja SATISFEITO no final, por isso buscamos ao máximo entender o gosto DELE, as prioridades deles e não o nosso gosto.

Quem vai morar/trabalhar no ambiente? Nós ou o cliente? O cliente!

Então é muito importante que o ambiente tenha a cara dele, não a nossa. E tem mais: o cliente satisfeito sempre volta e indica ;)

Essa foi a dica de hoje!!
E o que você está esperando para aplicar ela ao seu negócio?


Beijos e até depois,
Rê.

Deixe um comentário