Nada pior que acordar no meio da noite e lembrar que deixou uma luz acesa ou a TV da sala ligada, né? Isso porque, com um frio desse, me diz cadê a coragem de sair da cama para desligar?

E se, para resolver esse tipo de incômodo, você pudesse tornar a sua casa única e, com um simples comando de voz (Google Assistant, Alexa ou Siri) conseguisse “controlar” a iluminação, ligar e desligar aparelhos, fechar e abrir persianas?

Eu te digo que hoje é possível transformar uma residência em uma “casa inteligente” (a smart-home), utilizando um aplicativo de gerenciamento ou comandos (instalado no celular ou tablet) que se conecta a interruptores inteligentes e tomadas conectadas (com a vantagem de você poder fazer isso em parte da casa ou em toda ela).

Os benefícios deste tipo de tecnologia, que pode ser usado dentro da casa e também remotamente, são a comodidade, interatividade e a qualidade de vida que ela te oferece, isso porque, além de controlar quantas luzes ou aparelhos eletrônicos estão ligados, você pode medir o consumo de cada item conectado a esse sistema, gerando muita economia de energia!

E não é preciso quebrar a parede, fazer uma obra ou instalar novos cabos para usar os interruptores inteligentes, eles se adaptam nos lugares dos antigos, para o funcionamento só é preciso ter o sinal de internet. Aí você me pergunta: Renata, e se eu ficar sem sinal, como faço?

Esse sistema funciona das duas formas, dá para ligar e desligar tudo do jeito convencional, sempre que precisar!

Eu já te contei que em breve estarei de casa nova, né? Pode ter a certeza de que nunca mais vou querer pensar em levantar da cama para desligar luz, TV ou qualquer coisa que seja! Comodidade e funcionalidade estão na minha lista de prioridades!

Agora me conta, como seria a casa do futuro para você?

Se você gosta desse tema tanto quanto eu, garanta já o teu lugar na minha próxima Super Aula, que será sobre "Elétrica Inteligente".

Nela teremos um convidado da Legrand – marca especialista em sistemas elétricos digitais – que vai falar sobre o lançamento do ano: o Living Now!

Te espero lá! Beijos e até depois,

Rê.