Me formei, e agora?

Você acredita que eu nunca quis ser arquiteta?!
O que eu queria mesmo, na minha adolescência era trabalhar com moda! Eu sempre gostei de moda, mas como a minha mãe é arquiteta (é a melhor arquiteta que eu conheço e ela tem um escritório bem grande aqui em Porto Alegre) e o meu pai engenheiro eu acabei fazendo a faculdade de arquitetura, por influência deles, digamos assim. Eu fiz a faculdade, ADORAVA desenhar todos os projetos a mão (até hoje, né?), ia bem nas aulas, eu sempre fui muito bem em matemática, mas eu não me dedicava muito porque eu não gostava.
Depois que eu me formei, o meu pai me deu de presente de formatura, um emprego em uma loja de móveis, a Florense. Eu nunca tinha trabalhado antes, então foi lá que eu aprendi tudo que eu sei sobre detalhamento de móveis, sobre decoração, interiores. E aprendi a gostar de exercer a minha profissão. Depois de um tempo, eu sai de la e fui trabalhar no escritório da minha mãe. Mas como lá, ela trabalha com arquitetura de edificações, eu já sabia que não era o que eu queria para mim, então eu abri um setor de arquitetura de interiores, dentro do escritório dela.
Logo eu comecei a atender muitos clientes e eu enlouqueci! Eu não tinha mais tempo para nada: os meus clientes me ligavam a noite, ligavam no final de semana, era problema para resolver o tempo todo e eu não tinha mais vida pessoal. Então, eu comecei a me dar conta que não era isso que eu queria pra minha vida. Eu gostava do que eu fazia, mas eu não estava feliz. Por isso, eu comecei a estudar!
Foi nesse momento que eu percebi que a gente precisa de processos para tudo nessa vida. Processo para iniciar um contato com o cliente, fazer um atendimento, ter um contrato de prestação de serviço e nele estabelecer como iria acontecer o serviço, onde começa e até onde vai, processo para desenvolver projetos. E assim ficou fácil de enxergar que, eu estava me tornando mais produtiva, ganhando mais pelo meu trabalho, consegui estabelecer um limite com da relação que eu tinha com os meus clientes e voltei a ter uma vida pessoal e a ser FELIZ!
Juntando este cenário com a crise econômica de 2015, eu criei a ArqExpress. Eu juntei um método de processos que nos tornam mais produtivas, com um tipo de público [que se tornou o meu público alvo] que não podia contratar um profissional convencional, de arquitetura. Na ArqExpress, a gente presta serviços de decoração (transformação de ambientes) e consultorias, de forma presencial e online.
E, agora, nesta crise da pandemia do covid-19, decidi compartilhar com todos os profissionais que também quiserem se reinventar e aprender um novo método de trabalho, aprender a fazer consultorias online. E eu te convido também, a fazer parte deste movimento que está mudando o nosso mercado, porque eu tenho uma certeza: a forma que vivíamos antes não vai mais voltar e hoje já somos novas pessoas, novos consumidores!

Essa é a minha história! Vem fazer parte deste novo mundo também. Vem fazer parte da turma EXTRA do Aprenda a fazer Consultoria Online!


Eu abri ela pra conseguir atender aos pedidos que recebi desde a semana passada, quando eu fiz a última turma, tiveram vaaarias pessoas que não conseguiram se matricular. Então se você é uma das pessoas, aproveita!!!
Beijos e até mais

Deixe um comentário